FACITEC
Endereço de e-mail:
facitec@soeducar.com.br
Número de telefone:
(38) 38216566
Horário de funcionamento
Segunda à Sexta - 19h às 22h

Característica Regional

Característica Regional


Janaúba, palavra tupi-guarani que significa “planta leitosa” , também conhecida como “algodão de seda” tem sua história e seu desenvolvimento intrinsecamente ligados a duas forças propulsoras que se fazem sempre presentes: a privilegiada localização geográfica, o pioneirismo e capacidade empreendedora de seus habitantes ao longo de sucessivas gerações.

O Distrito foi criado em 31 de dezembro de 1943, pela Lei nº 1.058, com o nome de Gameleira, e o Município em 27 de dezembro de 1948, pela Lei nº 336, tendo recebido o nome atual, sendo instalado em 01 de Janeiro de 1949, com o adjetivo pátrio: Janaubense.

Janaúba está localizada no Norte de Minas Gerais e, como todo o Norte de Minas é, por excelência, uma região de transição. Transição entre o Brasil industrial e o Brasil agrícola, entre o Brasil comercial e o Brasil de subsistência, entre o Brasil rico e o Brasil pobre. Como toda região de mudança, ela é plena de debilidades e, por isso, carente de cuidados.

A região Norte Mineira apresenta em sua trajetória histórica, uma forte ligação com o Nordeste: sua ocupação, seu povoamento, as ligações inter-regionais, tudo isto direciona para uma continuidade entre ambos. A ilustrar esta caminhada histórica está o fenômeno das secas, que periodicamente lança o povo do Norte de Minas, assim como seus irmãos Nordestinos, numa batalha pela sobrevivência. A economia, por sua vez, embora tenha incorporado os benefícios trazidos pela construção da Represa do Bica da Pedra, pelo Governo Federal, ainda se ressente da ausência de capitais, nível satisfatório de renda, entre outros.

Localização: Janaúba está inserida na meso-região do Norte de Minas, na área mineira do semi-árido brasileiro e na micro-região da Serra Geral de Minas, da qual é a cidade pólo.

A sede Municipal está situada a uma altitude de 516 metros. Dista 132Km de Montes Claros e 547Km de Belo Horizonte.

Área do Município:    2.159,93 Km²

Perímetro Urbano:      39,54 Km²

Perímetro Rural:         2.120,39 Km²

Área Urbanizada:       20,0 Km²

QUADRO 1.   municípios da microregião, com população e área

Município População Território Km²
Catuti 5.337 286
Francisco Sá 23.562 2.749
Porteirinha 37.890 13.113
São João da Ponte 26.028 1.849
Verdelândia 7.179 1.466
Capitão Enéas 13.113 970
Espinosa 30.978 1.861
Gameleiras 5.263 1.733
Jaíba 27.287 2.723
Janaúba 61.651 2.189
Mamonas 6.138 290
Mato Verde 13.185 474
Monte Azul 23.832 1.007
Nova Porteirinha 7.389 121
Pai Pedro 5.832 785
Porteirinha 37.890 1.806
Riacho dos Machados 9.358 1.309
Serranópolis de Minas 4.038 553
Total 238.178 35.284

 

Janaúba limita-se: ao sul, com Francisco Sá, a sudeste, com Riacho dos Machados, ao leste e nordeste, com Porteirinha, e Nova Porteirinha, ao norte, com Jaíba, a noroeste com Verdelândia e a oeste, com Capitão Enéas e São João da Ponte.

Janaúba possui 04 distritos: Sede, Barreira da Raiz, Quem-Quem e Vila Nova dos Poções.nesses distritos estão distribuídos 08 povoados.

QUADRO 2.   População total do município de janaúba, da sede municipal e povoados

Distrito/município População urbana População Rural PopULÇÃO total
Homem Mulher Total Homem Mulher Total Total
Janaúba 24.460 25.366 49.826 2.115 1.908 4.023 53.849
Barreiro da Raiz 273 263 536 1.073 961 2.034 2.570
Quem-Quem 848 882 1.730 205 194 399 2.129
Vila Nova Poções 935 855 1.790 688 621 1.309 3.099
Totalização 26.516 27.366 53.882 4.081 3.684 7.765 61.647

Geologia

A formação geológica do município data do período pré-cambriano nas altitudes mais elevadas, que são extensos chapadões, formados por rochas da associação gnástico-magmatítica com predominância de quartzos, gnaisses, arenitos, feldspato, denominados localmente de serras. Seus recursos minerais permanecem inexplorados.

As terras mais planas são formadas por rochas do grupo macaúbas, de formação superficial com predominância de filitos, calcário, argila, argila-arenito de cor vermelha e alaranjada, de natureza sedimentar e metamórfica, na superfície dissecada da Bacia do Gorutuba.

As várzeas e leitos de rios e córregos são formados nos areno-silto-argilosa e para conglomerados sílticos, com matações, seixos e grânulos, dispostos segundo o plano de clivagem, abundantes na calha do Rio Gorutuba, nas áreas de inundações perenes ou temporárias.

O relevo faz parte da depressão Sanfranciscana. É dominado por superfícies planas em 70%, e superfícies onduladas e montanhoso que seguem em direção ao Rio São Francisco.

As serras mais importantes são: Serra do Taquaral, Serra da Boa Vista, Morro do Chapéu, Serra do Brejo Luiz e Serra do Barreirinho.

O solo é constituído por latossolos de natureza arenosa, argilosa, laterítica e silítica. Tem origem sedimentar do período terciário e quaternário e do tipo aluvião.

O clima é tropical e em função da altitude, apresenta-se sub-úmido e semi-árido com chuvas irregulares, ocasionando longos períodos de seca, advindo, como conseqüências, os bolsões de miséria e agravo dos problemas sociais já existentes.

O município faz parte da sub-bacia do Rio Verde Grande, integrantes da Bacia Hidrográfica do São Francisco. É banhado pelos rios Gorutuba, Verde Grande e Quem-Quem, além de diversos córregos e lagoas. Respondem pela existência de uma pobre drenagem superficial.

Os rios, Gorutuba, Quem-Quem e Verde Grande, antes abundantes, passam hoje por um processo de assoreamento e diminuição do nível e volume de água, devido ao desmatamento de suas margens, e à irrigação desenfreada, fruto da desinformação da população.

Instituições Bancárias

BB – Banco do Brasil S/A

Banco do Bradesco S/A

Banco Itaú S/A

BNB – Banco do Nordeste do Brasil S/A

CEF – Caixa Econômica Federal

CREDIGERAIS – Cooperativa de Crédito da Micro Região da Serra Geral

CREDIVAG – Cooperativa de Crédito Rural do Vale do Gorutuba.

As principais atividades da agricultura são: cultura de algodão, milho, feijão, sorgo, mandioca, mamona, tomate, horticultura e fruticultura, especialmente a bananicultura.

Indústrias

As principais atividades industriais são:

Industria madeireira: madeira, ripas, esquadrias, portas, janelas,

Industria moveleira: marcenaria

Indústria de perfumaria, sabões e velas

Indústria de produtos alimentares: Hero Industrial, Nestlé, torrefação de café, laticínios, padarias e confeitarias,

Indústria metalúrgica: Fábrica de pregos, serralherias,

Indústria química: produtos de limpeza

Indústria têxtil: confecções de roupas e moda íntima,

Industria de ração animal,

Indústria de transformação de minerais não metálicos: Cerâmicas, pedreira, laje pré-moldada, postes e manilhas, marmoraria, gesso,

Nº de estabelecimentos: 112

Mão de obra ocupada: 2.725 (13,13%)

Educação

O nível de escolaridade ainda é baixo, principalmente, entre os idosos, sendo a maioria analfabeta que só sabe ler e escrever o seu próprio nome. São mantidos 07 cursos de alfabetização de adultos, sendo 03 em escolas estaduais e 04 em escolas municipais.

Atualmente, o município conta com 74 escolas, sendo 44 escolas na zona rural e 36 escolas na zona urbana dentre as quais 16 são escolas estaduais, 10 são escolas municipais, 04 são escolas conveniadas com a Prefeitura e 06 são escolas particulares, para o Ensino Fundamental.

No Ensino Médio existem 10 escolas: 07 da rede estadual e 03 particulares.

No ensino superior são ofertados 07 cursos, assim distribuídos: Campus avançado da UNIMONTES – Curso de Agronomia, Zootecnia, Pedagogia e Curso Normal Superior. ISEJAN – Letras, Geografia e Normal Superior.

Na área profissionalizante são oferecidos os cursos de: Técnico em Enfermagem e Técnico em Segurança do Trabalho(Colégio SEJAN) e Técnico em Higiene Dental, (extensão FUNORTE)., e no PAESJAN são oferecidos os cursos de corte e costura, cabeleireiro(a), manicure e pedicure, maquiagem, datilografia, informática, mantidos pelo SENAC.

O quadro educacional de Janaúba, em 2005, apresenta o seguinte perfil:

QUADRO 3.   Perfil do quadro educacional do município de janaúba

Escolas Professores Alunos
62 1.020 23.297

Esses dados ficam assim distribuídos:

Ensino Aluno Professor Estabelecimento
Pré-escolar 2.7.67 135 27
Educação Especial 180 25 01
Alfabetização de jovens/adultos 1.330 40 07
Ensino Fundamental 15.876 650 53
Ensino médio 3.044 140 08
Ensino Superior 200 30 05

 

Número de professores da rede municipal de ensino: 282 professores – quase 60% possuem apenas o Curso Normal.

Número de alfabetizados: 28.145

Número de analfabetos: 9.377

Cultura

Janaúba tem sua cultura marcada pela influência de seus rios, desde os deliciosos pratos de moqueca de surubi à arte de pesca e navegar, com destaque para:

Artes Plásticas: Trabalhos manuais em argila e cerâmica.

Literaturas: Contistas, trovadores e poetas.

Artesanato: Peças em argila, couro, madeira, fiação e tecelagem.

Folclore: Apresenta danças e músicas típicas gorutubanas.

Música: Com destaque para a música regional.